terça-feira, 11 de fevereiro de 2014

Moromizato e Sonia Bonfim Colocam Crianças em Situação de Risco em Ubatuba

video
Texto: Marcos Leopoldo Guerra

A falta de responsabilidade de Sonia Bonfim, até então presidente da FUNDAC - Fundação de Assistência a Criança e ao Adolescente de Ubatuba - SP, ultrapassou todos os limites do imaginável. Com a conivência e anuência do igualmente irresponsável, omisso, incompetente e negligente, Maurício Moromizato, suposto prefeito de Ubatuba, a Casa Ninho, localizada na Rua Sebastião Benedito da Rocha - Silop, passou a ser um reduto de três marginais que colocam em risco a segurança deles próprios e de outras sete crianças, perturbando o sossego de vizinhos e chegando ao cúmulo de ameaçá-los.

A vida dos moradores da Rua Sebastião Benedito da Rocha ficou insuportável, desde a instalação da Casa Ninho, destinada ao atendimento de crianças e adolescentes em situação de abandono. A casa Ninho ocupa o imóvel adquirido pela FUNDAC, atendendo 10 crianças com idades entre 2 meses e 15 anos. Há três crianças com idades de 10, 11 e 13 anos que em função da total falta de controle, daqueles que recebem dinheiro público para tomar conta do local, fazem o que bem entendem, agredindo fisicamente as supostas educadoras e demais crianças, ameaçam vizinhos, gritam, berram, ouvem música no volume máximo e utilizam a Casa Ninho como se fosse uma colônia de férias, entrando e saindo durante o dia e à noite.

Obviamente que muitos irão dizer que essas crianças são vítimas da sociedade, porém, no caso concreto os grandes culpados da situação atual são Moromizato, Sonia Bonfim e seus assessores inúteis, bem como os supostos educadores. Foram efetuadas diversas reclamações a Sonia Bonfim sem qualquer resultado. Fartos de aguentar a cara de paisagem de Sonia Bonfim e de seus inúteis assessores, os moradores da rua protocolaram um abaixo assinado, no gabinete do também inútil até então prefeito de Ubatuba, requerendo a transferência da Casa Ninho para outro local. Boletins de Ocorrência também foram efetuados, incluindo a representação para abertura de Inquérito Civil.

O que mais revolta os moradores diz respeito a total falta de responsabilidade da FUNDAC e da Prefeitura com relação às sete crianças que são vítimas das outras três. A Casa Ninho atende inclusive um bebê de 2 meses e um outro de 1 ano e 8 meses. Essas crianças que sequer possuem condições de se defender e passam 24 horas do dia em uma casa sem qualquer controle e direção, podendo ser agredidas ou molestadas a qualquer momento, única e exclusivamente em função da falta de caráter, moral e coragem dos inconsequentes Maurício Moromizato e Sonia Bonfim, que se omitem na solução do problema.

Já passou da hora de Moromizato exonerar Sonia Bonfim, pois a mesma não possui condições técnicas, éticas e morais para exercer um cargo público. Será que Moromizato vai esperar alguma criança ser gravemente ferida por algum desses três aprendizes de marginal, que deveriam estar internados na Fundação Casa?  

2 comentários:

  1. Deixamos aqui nossa indignacao pelo que esta acontecendo na Casa Ninho neste momento...21:33 h e o "FUNK" e a algazarra estao a todo vapor...Quando sera que as autoridades virao ver a situacao dos menores inocentes (2 meses e 1 ano e 8 meses) que convivem diariamente com essa bagunca???? Sera que ninguem consegue resolver esse problema??? VERGONHA!!!!

    Moradores da rua Sebastiao Benedicto da Rocha.

    ResponderExcluir
  2. Lamento, em plena era do compartilhamento de informações, ouvir e ver um absurdo desses. Será falta de competência, compromisso ou desinteresse?! Duvido! Que dentro da cidade de Ubatuba não exista um grupo de "Mulheres" com capacidade suficiente para formar um grupo e ABRAÇAR ESSA CAUSA! DUVIDO!

    ResponderExcluir